quinta-feira, 28 de outubro de 2010

como fazer um sexo anal gostoso

Atenção visitantes! Este post tem texto pesado e de cunho sexual. Tirem as crianças da sala, ok!


vá...


tudo saíndo


vão pra caminha, vão...

boa noite!!!

lol

em letra pequenina
O problema dos homens com a reclamação das mulheres insatisfeitas com o sexo é porque eles não usam uma técnica 100% comprovada e eficaz na hora do ralaerola: não ter pressa, dar bastante carinho e ser firme só nos momentos certos. :-)



Esqueçam a margarina, a manteiga, a vaselina e o óleo de cozinha, com a técnica de sedução ensinada abaixo, a bunda, esse maravilhoso instrumento feminino, lhe será entregue de mão beijada pelas mais lindas mulheres do país. Saiba como fazer um anal gostoso, e depois... corra para o abraço! :-)


Passo 1: No momento íntimo com sua mulher, entenda uma coisa: ela precisa te admirar. O maior ou menor tesão dela depende muito desse fator. Você precisa tratá-la bem, ser sensível aos desejos dela, saber ouví-la e até dar conselhos. Tudo isso, sem parecer ser o cabeleireiro dela... Ou seja, você tem que ser macho!


Passo 2: Para um bom início, você deve acariciá-la levemente e, às vezes, ser mais arrebatador. De vez em quando pegue-a para valer. Abraçe-a forte quando estiverem sozinhos, ponha a mão bem aberta no meio das costas dela e traga-a até você com firmeza, mas sem machucá-la. De vez em quando esfregue nela o seu pau, que já deve estar duro... não é? Mostre-lhe o seu desejo, o seu tesão, a sua vontade de a comer. Isto é fundamental.


Durante os amassos, ponha a boca umedecida na nuca, no pescoço e na orelha dela e cochiche suavemente - enquanto mexes a língua na pele dela.


Saber beijar também é importantíssimo nesta fase. Beija-a com paixão. Não deixe o seu nariz atrapalhar. Não fique só nas beijoquinhas como se fosse um beija-flor. Beija-a com vigor e demoradamente.


Pôrra, mas quando é que vou chegar no cú?
Calma! É por isso que não consegues nada com as mulheres. Pressa não leva a nada. Tem que ser devagar e sempre.


Passo 3: Quando ela estiver mais à vontade, comece a acariciar os seios dela, nem muito de leve nem muito forte. Com vigor. De vez em quando mordisca-os, depois volte às orelhas. Pare nos seios e sugue-os com vontade. Os dois. Nunca fiques parado em um só, senão o tesão fica pela metade. Nem penses em tocá-la lá embaixo ainda até se certificar de que ela já está doidinha. Os olhos dela estarão um pouco vermelhos quando isso acontecer. Ela estará te acariciando e te beijando. Presta atenção aos sinais.


Passo 4: Desce a mão e acaricia a bucetinha dela por cima da roupa mesmo. Repete os passos anteriores. Vá devagar. Sem pressa, a coisa aquece mais e fica melhor. Seja inteligente! Aos poucos, vá tirando a roupa dela. Não toda, que a coisa ainda vai melhorar.


Passo 5: Lamba a buceta dela. Se não souber fazer isso, vai aprender. Não vou te ensinar isto aqui. Lamba e passe o dedo no cuzinho dela pela parte de fora. Se ela reclamar, pare um pouco e depois comece de novo. Enfie o dedo só na portinha e rode-o como se o quisesses abrir um pouco mais. Deixe-a maluca, depois pare tudo e fique só lambendo a bucetinha dela que já deve estar inchada. Assim que ela gozar, enfie-lhe o pau na buceta com vontade. Bem forte!


Espera aí. Segura. Não goze ainda. Ainda tem o passo seis.


Passo 6: Ponha-a de quatro. Continue a comer a buceta dela nessa posição e vá tocando de novo o ânus dela. Do mesmo jeito, põe o dedo na portinha do cuzinho dela e rode. De vez em quando vá um pouco mais fundo, mas vá devagar. Quando sentires que o cuzinho dela já está mais abertinho escorrega de leve o caralho duro e úmido pela zona até ao buraco do desejo. Ele serve bem para isso, aumenta o tesão dela e não machuca o cuzinho na entrada.


Se ela reclamar um pouquinho, não se intimide. Ela já foi até aí e é provável estar querendo talvez mais do que tu. Segure-a um pouco mais firme, mas sem a machucar. Se achares estratégico, volta a enfiar o pau na buceta e prossegue o mesmo caminho de volta. Mas desta vez, seja mais incisivo... e mais firme. Diga com uma voz meio rouca e sussurrada no ouvido dela: "Só na portinha, amor!" "Só um pouquinho!". "Ah! me deixas louco!". Enfia mais uma vez o pau. Rode-o nas beiradas. Escorregue novamente e vai enfiando-o devagar. Pressione primeiro só até a cabeça entrar. Dá uma parada. Aperta um pouco mais. Outra parada. Depois mexe devagar, e enfia cada vez mais. Pronto. Deslizou. Entrou todo. Todinho. Agora é só festa!!!


Aprendeu? Então pronto meu camarada, não vá errar ou traumatizar a mulher ok. Fazendo assim, ela nunca mais vai te deixar, e sempre vai querer te oferecer o cuzinho. Bom demais né! :-)


Sem comentários:

Enviar um comentário